05 – Maria Terremoto

Paulo Barroso e Miguel dos Santos
BXPA11400005

não haverá outra chance, meu caro

nosso romance gorou

faltou tempero demais no preparo

e eu não engulo favor

e nem me dou

ah! se não fosse meu faro enganoso

que me levou para o sul

quem sabe eu nem encarasse esse pouso

pois não sou ave comum

eu sou assum

paraíba no porte

não há quem entorte

não é fácil roer

sou Maria do norte

do mar, sou de morte

e é assim que eu vou ser

pois eu sou considerada

o terremoto da enseada

nessa migração

mais não, mais não

mais não, mas não

vozSusie Mathias

violãoPaulo Barroso

acordeão e teclado – João Bittencourt

guitarrasLuiz Bró

baixoCelso Henrique

bateriaWillians Leite

percussão e efeitosManu

citação: Paraíba – L. Gonzaga / H. Teixeira