03 – Órbita

Paulo Barroso e Oswhaldo Rosa
BXPA11400017

tava na cara

que Clara Maria

 clarearia o domingo

cara clara, polar

para o raio solar

na intenção de extrair

 seus fluidos

tava na cara

que a cara menina

terminaria comigo

e eu sem rumo e radar

ficaria a rodar

na constelação

dos perdidos

mas se a chuva chegasse

chamando o chamego

para o astral de Clara

é claro que Maria daria

todo seu amor

mas se a chuva chegasse

chamando o chamego

para o astral de Maria

é claro que Clara daria

todo seu amor

tava na cara

que a cara menina

clarearia o domingo

e eu sem rumo e radar

para o raio solar

na constelação

dos perdidos

tava na cara

que Clara Maria

terminaria comigo

cara clara, polar

ficaria a rodar

na intenção de extrair

meus fluidos

mas se a chuva chegasse

chamando o chamego

para o astral de Maria

é claro que Clara daria

todo seu amor

mas se a chuva chegasse

chamando o chamego

para o astral de Clara

é claro que Maria daria

todo seu amor

tava na cara

que a cara menina

terminaria comigo

e eu sem rumo e radar

ficaria a rodar

na constelação

dos perdidos

tava na cara

que Clara Maria

clarearia o domingo

cara clara, polar

para o raio solar

na intenção de extrair

meus fluidos

mas se a chuva chegasse

chamando o chamego

para o astral de Clara

é claro que Maria daria

todo seu amor

mas se a chuva chegasse

chamando o chamego

para o astral de Maria

é claro que Clara daria

todo seu amor

mas se a chuva chegasse

chamando o chamego

alto astral com aura

Clara Maria teria

todo o meu amor

voz e violãoPaulo Barroso

guitarraLuiz Bró

baixoCelso Henrique

bateriaWillians Leite

percussãoManu

trompeteEdynilson Santos

saxes alto e tenorGiva Mendonça

tromboneRicardo Bueno